Os perigos ao dirigir com pneus carecas

Os perigos ao dirigir com pneus carecas

Você sabia que os automóveis mal conservados são responsáveis por cerca de 20% dos acidentes em estradas? Os números são da Polícia Rodoviária Federal e eles poderiam ser menores caso os motoristas realizassem a manutenção preventiva dos veículos – inclusive a troca dos pneus carecas.

Isso porque os pneus são protagonistas da estabilidade do caminhão e, se descuidados, podem ser fatais durante a direção em longas quilometragens. Por isso, confira a seguir os principais riscos ao dirigir com eles carecas.

Acidentes

Entre as principais consequências ao pilotar um automóvel com pneus carecas destacam-se a perda de aderência ao asfalto e da estabilidade do caminhão – fatores que resultam no acréscimo de acidentes no trânsito.

Em casos em que há a necessidade de frear rapidamente, o veículo com pneus desgastados pode percorrer uma distância muito maior antes de parar totalmente. O perigo duplica em dias de chuva, com a aquaplanagem das rodas.

Aquaplanagens

Em dias de chuva, e devido às situações das estradas brasileiras, é comum o acúmulo de poças de águas durante o trajeto. Elas são as responsáveis pelo fenômeno de aquaplanagem. Isto é, quando o carro perde, temporariamente, a aderência com o asfalto devido à camada de água.

Com os pneus carecas, e em dias chuvosos, as chances de perda de controle total do veículo são ainda maiores.

Derrapagens

Uma curva, ou uma frenada, pode se tornar uma derrapagem – ou até mesmo um capotamento – quando os automóveis estão com seus pneus desgastados.

Isso porque os sulcos dos pneus – que não devem ser menores do que 1,6 milímetros – ajudam a criar a tração entre eles e a pista. Em viagens em estradas de terra, os riscos são ainda maiores devido aos sedimentos que compõe sua pavimentação e que acabam por oferecer menos atrito para a borracha dos pneus.

Multas

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, dirigir caminhões que apresentem a falta de manutenção adequada é uma infração grave de trânsito, com a dedução de cinco pontos na carteira e multa de 195,23 reais.

O estado de conservação dos pneus é um dos itens verificados pelas autoridades, caso o motorista seja parado em uma blitz. Se o estado deles for crítico, os policiais podem apreender o veículo, somando gastos com o pátio e o guincho.

E você? Já verificou se a calibragem e o alinhamento de seus pneus estão em ordem? Então, leve seu veículo a um auto-center e realize, periodicamente, a manutenção de seu caminhão e de seus pneus.

E, para mais assuntos como esse, continue acompanhando o nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *